Entrar


Entrar

IRCAD inaugura nova sala de treinamento para cirurgias minimamente invasivas




Uma nova sala inaugurada no IRCAD América Latina (Instituto de Treinamento em Técnicas Minimamente Invasivas e Cirurgia Robótica) será mais uma estação de trabalho para os médicos, e possibilitará ao centro aumentar a capacidade em receber alunos, tanto do Brasil, quanto de outros países, para os cursos de aperfeiçoamento.

A OR1™ (Operation Room number 1 – sala de operação 1, em português) permite ao médico e a equipe a terem o controle integrado de todos os aparelhos conectados ao sistema de uma forma simples, fazendo com que o profissional se preocupe mais com o paciente e com o procedimento, do que com o aparelho, ou em ajustá-lo.

O local oferece ao usuário o controle à distância dos aparelhos conectados através da conexão SCB (STORZ Communication Bus). O roteamento de imagens e som em todos os monitores disponíveis na sala e a documentação disso será feito através do sistema Ainda. Assim, o paciente será beneficiado com um ambiente mais limpo e controlado, uma vez que os assistentes do cirurgião podem usar o controle do equipamento sem invadir a área estéril.

Segundo o médico cirurgião e diretor do IRCAD América Latina, Armando Melani, a sala vai oferecer a chance dos professores demonstrarem as técnicas cirúrgicas no dia a dia. De acordo com o professor e idealizador do instituto, Jacq ues Marescaux, é importante ter novas inaugurações no centro. “É um projeto muito importante para a América Latina. A inovação está disponível para o tratamento dos que mais precisam, incorporando as novas tecnologias”, afirmou.

Para o diretor-geral do Hospital de Câncer de Barretos, Henrique Prata, a instituição está sempre em busca do melhor. “Só temos a agradecer pelas pessoas que acreditam no Hospital e por essa parceria com o IRCAD e o professor Marescaux. Isso é a continuação de um sonho em se tornar referência no tratamento. Tratar os pobres com a mesma dignidade dos que tem convênio privado. É um momento de muita felicidades aos nossos médicos”, disse.

Sobre o IRCAD
Fundando em 1994, na França, por Marescaux, o Ircad nasceu inicialmente com o objetivo de concentrar-se na prevenção do câncer digestivo, melhorar o diagnóstico precoce da doença e implementar novas estratégicas terapêuticas. O centro é equipado com 23 estações experimentais com dois participantes para casa, todos conectados com sistemas de treinamento de multimídia interativa. Além de um anfiteatro para 130 pessoas e duas salas com capacidade para 47 participantes.