Entrar


Entrar

Instagram

Galeria de Vídeos

Departamento de Radioterapia

O Departamento de Radioterapia tem uma importância enorme dentro do Hospital de Amor. Isso porque, junto da cirurgia e quimioterapia, é um dos principais pilares do tratamento do câncer. O grande valor do departamento é o cuidado com os pacientes. A equipe não mede esforços para acolhê-los com excelência e dignidade. Este valor se reflete em buscar, sempre, o melhor tratamento, oferecendo na maioria das vezes terapias diferenciadas que normalmente não são oferecidos ao paciente do Sistema Único de Saúde (SUS).

O setor se destaca por sua imponência em termos de estrutura física, tecnológica e humana. Apenas na unidade de Barretos, o departamento conta com 6 aceleradores lineares, uma braquiterapia de alta taxa de dose (habilitada para o tratamento de neoplasias ginecológicas, de próstata e de pele), 2 tomógrafos computadorizados (um deles com funcionalidade 4D) voltados para simulação/planejamento dos pacientes que iniciarão o tratamento, uma unidade de hospital-dia, 8 consultórios, 2 workstations de trabalho clínico, 1 sala de planejamento, 5 salas de estação de trabalho médicas e 1 anfiteatro. Além disso, a estrutura física conta com uma sala de centro cirúrgico interna, construída para possibilitar estratégias que envolvam a radioterapia intraoperatória. A parceria com o departamento de Medicina Nuclear possibilitou a aquisição recente de um PET-CT habilitado para simulações em radioterapia (PET-simulador). A equipe de Barretos conta com 11 médicos especialistas em rádio-oncologia em regime de dedicação exclusiva e tempo integral, 7 físicos, 2 enfermeiras, 1 Coordenador administrativo, 4 dosimetristas, 47 técnicos/técnologos em Radioterapia, 10 técnicos de enfermagem, 5 auxiliares administrativos, 2 assistentes administrativos, 2 contínuo 1 analista de sistema, além de um Núcleo de Apoio ao Pesquisador (NAP Radioterapia), que conta com 1 profissional e 1 estagiário dedicados aos protocolos do departamento. Além disso, há 2 programas de residência: 1 para médicos (radio-oncologia) e 1 para físicos ou físicos-médicos (física para a radioterapia). Juntos, eles contam com 15 vagas, além de 1 vaga de R4 (especialização em alta tecnologia, radiocirurgia e braquiterapia) para radio-oncologista. No total, o departamento conta com mais de uma centena de profissionais, o que faz dele um dos maiores centros de radioterapia da América Latina.


Tecnologia

O departamento vem passando por importantes avanços tecnológicos, com a aquisição de novos e modernos equipamentos. Hoje, o setor oferece tratamentos conformacionais (Radioterapia 3D), Radioterapia de Intensidade Modulada (IMRT), Radioterapia de Intensidade Modulada em Arco (VMAT), Radiocirurgia Craniana (SRS), Radiocirurgia extra-craniana (SBRT), Radioterapia Guidada por imagem (IGRT), Braquiterapia guidada por ultrassonografia, Braquiterapia com alta taxa de dose (HDR) para tratamentos dos cânceres da próstata e de pele. Possuímos uma tomografia capaz de adquirir imagens em 4 dimensões (4D-TC). É importante ressaltar a aquisição recente de um acelerador linear de última geração, o TrueBeam STX – Varian, que é uma máquina dedicada a tratamentos de alta tecnologia, como Radiocirurgia e SBRT, sendo a única desse segmento dedicada exclusivamente a pacientes do SUS. Além disso, o serviço está em fase de implementação de um sistema de treinamento virtual chamado VERTUAL, sendo este o único equipamento da América Latina instalado em hospital oncológico. Ele proporcionará o treinamento de profissionais voltados à Radioterapia.

 

Parcerias internacionais

As parcerias internacionais têm sido de fundamental importância para o desenvolvimento do setor. Vale ressaltar a colaboração técnico-científica com a Universidade da Califórnia – Los Angeles (UCLA), a parceria em protocolo científico com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e a parceria com a fabricante de soluções em Radioterapia, VARIAN Medical Systems, que possibilita a realização de um curso teórico-prático anual visando ao treinamento de médicos e físicos médicos de outras instituições do Brasil.


Capacidade de atendimento

O Departamento de Radioterapia realiza quase 10 mil atendimentos mensalmente, entre consultas (atendimentos de primeira vez, revisão durante tratamento, alta e seguimento oncológico), sessões de radioterapia e braquiterapia, tomografias, e outros procedimentos médicos e de enfermagem.

A radioterapia está presente como parte do tratamento oncológico em 70% dos pacientes em algum momento do curso de sua doença. As principais indicações são: Radical, exclusiva ou concomitante a tratamentos sistêmicos (como a quimioterapia, por exemplo); Neoadjuvante, quando precede o tratamento cirúrgico; Adjuvante, quando é feita após o tratamento cirúrgico; e com indicações que visam ao alívio dos sintomas e melhora da qualidade de vida, a chamada radioterapia paliativa.

Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .