Entrar


Entrar

Prevenção do Câncer de Colo-do-Útero

O que é colo do útero?

O colo do útero é a porção inferior do útero onde se encontra a abertura do órgão, localizando-se no fundo da vagina. O colo do útero separa os órgãos internos e externos da genitália feminina estando mais exposto ao risco de doenças e alterações relacionadas ao ato sexual.

O colo uterino apresenta formato cilíndrico e possui uma abertura central conhecida como canal cervical que liga o interior do útero à cavidade vaginal – local no qual ocorre a eliminação do fluxo menstrual e a entrada do esperma. É através do colo uterino que se dá a passagem do feto durante o parto vaginal.

O que é câncer do colo do útero?

As células que compõem o colo uterino podem sofrer agressões responsáveis por desencadear diversas alterações que a longo prazo podem produzir o câncer do colo do útero. O principal fator agressor relacionado a esse tipo de câncer é a infecção local pelo vírus HPV (Papilomavírus Humano). A transmissão do HPV se dá principalmente pela via sexual sendo considerada a doença sexualmente transmissível (DST) mais comum nos dias atuais.

De uma forma geral, são necessários vários anos entre a infecção inicial pelo HPV e o desenvolvimento do câncer sendo que apenas uma pequena parcela das mulheres portadoras do vírus irá desenvolver o câncer do colo do útero.

A infecção pelo HPV poderá causar alterações no colo do útero (conhecidas como lesões precursoras ou NIC de alto grau) que precedem o surgimento do câncer propriamente dito e só podem ser identificadas através da realização periódica do exame preventivo (Papanicolaou).

Qual a freqüência do câncer do colo do útero?

O câncer do colo do útero é muito freqüente e apresenta altas taxas mortalidade nos países em desenvolvimento. É o segundo câncer mais comum entre as mulheres em todo o mundo, ficando atrás apenas do câncer de mama, sendo responsável por cerca de 500 mil casos novos e pela morte de aproximadamente 230 mil mulheres por ano. Estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA) indicam uma incidência de 17.540 casos novos de câncer cervical somente para o ano de 2012 entre as mulheres brasileiras.

Quais mulheres apresentam maior risco de desenvolver o câncer do colo do útero?

Os principais fatores que aumentam o risco para o câncer do colo uterino são:

  • Início precoce da atividade sexual;
  • Múltiplos parceiros sexuais;
  • Tabagismo;
  • Má higiene íntima;
  • Falta de realização de exames preventivos
  • Multiparidade (vários partos);
  • Uso de anticoncepcional oral;
  • Presença de outras infecções transmitidas por via sexual (herpes genital, clamídea).

Quais são os sintomas da doença?

Na sua fase inicial o câncer do colo do útero geralmente não apresenta qualquer sintoma. Com a progressão da doença pode surgir sangramento vaginal anormal (principalmente em mulheres na menopausa), corrimento vaginal escurecido com cheiro desagradável e dor abdominal que pode estar associada a queixas urinárias e intestinais nos casos mais avançados.

Como é feito o diagnóstico?

Somente o exame preventivo (Papanicolaou) poderá detectar a presença das chamadas lesões precursoras, uma vez que a mulher nessa fase não apresenta sintomas. O diagnóstico dessas alterações é extremamente importante uma vez que permitirá o tratamento precoce impedindo o desenvolvimento do câncer propriamente dito em quase 100% dos casos.

Para o diagnóstico definitivo a mulher deverá ser encaminhada para a realização de exame mais detalhado conhecido como colposcopia, podendo ser necessária a realização de biópsia do colo uterino para confirmação dos casos alterados.

Como é feito o tratamento?

O tratamento das pacientes portadoras desse câncer baseia-se na cirurgia, radioterapia e quimioterapia. O tratamento a ser realizado depende das condições clínicas da paciente, do tipo de tumor e de sua extensão.

Quem deve fazer o exame de Papanicolaou?

Todas as mulheres que têm ou já tiveram atividade sexual, principalmente aquelas com idade entre 25 e 64 anos, devem fazer o exame preventivo periodicamente.

Onde realizar exames preventivos?

Compareça ao Posto de Saúde mais próximo de sua residência ou então vá até o Instituto de Prevenção “Ivete Sangalo” localizado no Hospital de Câncer de Barretos para realizar o exame. Você também pode realizar o Papanicolaou nas Unidades Móveis de Prevenção do Hospital de Câncer de Barretos caso estejam visitando sua cidade nesse período.

No Hospital de Câncer de Barretos os exames são GRATUITOS e podem ser realizados de segunda a sexta-feira das 7:00 h às 16:00 horas, sem a necessidade de agendamento. As quartas-feiras realizamos atendimento noturno que deve ser agendado pelo telefone (17) 3321-6626.