Entrar


Entrar

Você esta aqui: Institucional

Faça sua Doação, Salve Vidas

 

Instagram

Galeria de Vídeos

OncoEventos

Instituto Sociocultural do HA realiza sonho de paciente e produz exposição de quadros

 

 

Se ‘a vida é a arte do encontro’, como dizia o poeta Vinicius de Moraes, para o pequeno paciente, Gabriel Vaz Tostes Kondo (6 anos), de Ourinhos – interior do estado de São Paulo, produzir arte é um motivo para celebrar os preciosos encontros que a vida proporciona.
 
A “1ª Grande Exposição de Gabriel” aconteceu no último dia 4 de julho, no jardim do Hospital de Amor Infantojuvenil. O evento reuniu os familiares, amigos, toda a equipe multidisciplinar que cuida do artista, além de músicos que encantaram o público, tocando clássicos e sucessos da Disney, e um delicioso café da manhã. 
 
O garoto, que luta contra um glioma de tronco encefálico desde março deste ano no HA, retribuiu todo carinho recebido com um bate-papo surpreendente, devido à pouca idade.
 
Paixão pela pintura
Gabriel sempre acompanhou a mãe, que é apaixonada por artesanato. “Ele sempre gostou de assistir programas de TV que falam sobre artes em geral. Aqui em Barretos (SP), ele pegou o gosto, principalmente após ter dificuldades em segurar o lápis de cor. Aos poucos, a gente começou a incentivá-lo a pintar com tinta no papel. A primeira tela foi com figurinha. Hoje, ele está muito feliz expondo os seus 8 quadros”, contou emocionada, Elaine Renata Vaz Tostes Kondo, mãe do pequeno.
 
De acordo com a médica que acompanha o tratamento de Gabriel na instituição, Dra. Bruna Mançano, é muito importante valorizar o paciente e seus dons, pois eles são únicos. “A ideia da exposição partiu do próprio Gabriel. No pós-operatório, ele ficou bem debilitado, não tinha coordenação para pintar. Diante daquela situação, a mãe viu a possibilidade de começar a colar aquelas revistinhas que têm adesivos e deu certo. Quando eles me mostraram isso no consultório, junto à equipe, achamos que a amostra seria uma ótima ideia”, afirmou a profissional, que está na torcida para que ocorram novas exposições de seu paciente. 
 
A realização da exposição aconteceu graças ao apoio do Instituto Sociocultural do Hospital de Amor. “Nós ficamos sabendo deste sonho através da equipe da unidade infantojuvenil e, como o Instituto sempre apoia as iniciativas Socioculturais do Hospital, foi um grande prazer participar dessa organização, oferecendo as molduras e o restante do material para a exposição”, declarou a assistente administrativa do departamento, Aline dos Santos.
 
Quando questionado sobre qual seria o seu quadro preferido, Gabriel respondeu rapidamente: “Todos, mas prefiro o que tem coisas da natureza”. Não há dúvidas de que a exposição emocionou os envolvidos. Para a terapeuta ocupacional que auxilia o paciente no processo de recuperação e no desenvolvimento de suas habilidades motoras, Mariana Oliveira Silva, o evento foi a concretização de um sonho que ele planejou detalhadamente, como a produção e sequencia de telas. “Ele não se abateu pelas dificuldades motoras que a doença lhe causou”.
 
E se você está interessado em conhecer alguma obra de arte do Gabriel, terá que aguardar a próxima exposição, pois a mãe já garantiu ter reservado oito espaços em casa para colocar as obras de arte do filho.