Entrar


Entrar

Você esta aqui: Institucional

Faça sua Doação, Salve Vidas

 

Instagram

Galeria de Vídeos

OncoEventos

Hospital adquire equipamento de alta tecnologia para o tratamento de radioterapia

 

Com o intuito de aprimorar cada vez mais o tratamento oferecido, disponibilizando equipamentos de boa qualidade, com segurança e proteção radiológica para o paciente e para a equipe do departamento de radioterapia, o Hospital de Amor inaugurou, no dia 9 de novembro, um novo aparelho de alta tecnologia: o TrueBeam®. A aquisição ocorreu em parceria com a empresa Varian Medical Systems, principal fabricante de instrumentos médicos e de softwares para o tratamento de câncer e outras questões relacionadas com radiação.

De acordo com o médico coordenador do departamento de radioterapia, Dr. Daniel Marconi, a máquina tem grandes diferenciais em comparação a outras. “Ela tem um sistema robótico acoplado ao equipamento que realiza o tratamento - um ‘braço’ que possui uma tomografia computadorizada. Graças a esse sistema robótico da mesa, que se move em 6D, a gente consegue posicionar exatamente o tumor. Isso nos possibilita usar uma menor margem no tratamento, com menor quantidade de radiação, o que é melhor para o paciente, uma vez que acaba representando menos efeitos colaterais”.

Para o médico rádio-oncologista da instituição, Dr. Fábio de Lima Faustino, além de todo parâmetro tecnológico deste novo aparelho, o grande diferencial está no fato do hospital poder oferecer essa tecnologia para os pacientes de maneira totalmente gratuita. O profissional ressalta que cada vez mais os tratamentos estão progredindo e explica que eles também estão se tornando mais rápidos e menos tóxicos. “A grande vantagem deste equipamento é a comodidade para o paciente, já que ele pode voltar a fazer suas atividades rapidamente”.

Além de contar com toda essa tecnologia, a sala possui uma imagem no teto que simula o ambiente da natureza, assim como, um sistema de luzes que é ativado depois que o paciente escolhe a música que deseja escutar, o que deixa o ambiente bem mais acolhedor. Já as crianças podem utilizar uma das máscaras de heróis e heroínas que ajudam durante o momento do exame.

A mãe do paciente Brendam, de 9 anos, Fabiana de Araújo, da cidade de São Gabriel do Oeste (MS), diz ter renovado as esperanças dela com a nova tecnologia. Ela torce para que o filho não precise mais realizar outra cirurgia. “No hospital, ele está sendo muito bem atendido, aqui é a nossa esperança”.

Escola Clínica
Além da novidade tecnológica, também está prevista a criação de um programa de treinamento clínico na instituição. Com o objetivo de treinar profissionais clínicos de todo Brasil e de outros países da América Latina, a equipe do Hospital, em parceria com a Varian, irá estabelecer um centro de treinamento na entidade. A escola será equipada com um sistema de simulação e treinamento virtual, de modo que os profissionais possam aprender e praticar.