Entrar


Entrar

Você esta aqui: Institucional

Faça sua Doação, Salve Vidas

 

Instagram

Galeria de Vídeos

OncoEventos

Hospital participa do Global Academic Program 2017 (GAP) nos Estados Unidos




Profissionais do Hospital de Câncer de Barretos participaram do Global Academic Program 2017 (GAP), em Houston, no Texas, nos Estados Unidados. O evento é voltado a pesquisadores, oncologistas e demais profissionais, além de alunos de programas de graduação e pós-graduação envolvidos em pesquisa, tratamento e suporte multidisciplinares ao paciente oncológico das 31 instituições irmãs do MD Anderson Cancer Center espalhadas por dezenas de países.

A iniciativa é a maior rede global de centros oncológicos, trabalhando colaborativamente em pesquisa e educação com o objetivo de reduzir o impacto do câncer em todo o mundo.

”Trata-se de importante estratégia de consolidação acadêmica no cenário internacional, permitindo demonstrar o potencial de pesquisa e de outras atividades do Hospital não apenas para o MD Anderson, mas também para todas as outras instituições-irmãs localizadas em mais de 30 países”, afirmou o diretor-executivo do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital de Câncer de Barretos, José Humberto Fregnani.

Os participantes do evento debateram e trocaram informações sobre a melhor forma de tratar o paciente e como podem ajudá-los a melhorar a qualidade de vida.

Para o presidente da instituição, Henrique Prata, é uma honra para a participar do GAP. “Apesar de contarmos com poucos recursos, sempre soubemos que era preciso que o Hospital tivesse valores bem definidos para ser reconhecido como uma instituição séria. Tivemos que atrelar prevenção, tratamento e pesquisa e, para isso, nos espelhamos no trabalho desenvolvido pelo MD Anderson. Isso fez uma imensa diferença em nossa gestão e nós sabemos que esse evento nos ajuda a replicar todo o conhecimento adquirido para outras entidades deficitárias do país”, declarou.

De acordo com Fregnani, parcerias e eventos como esse são muito importantes para o Hospital. Os ganhos são imensos para a entidade. Ao se consolidar no cenário acadêmico internacional, permitindo ampliar a rede de parcerias e cooperações estrangeiras, isso traz mais respeito a instituição, tanto no Brasil, quanto fora do país. Em última análise, a internacionalização permite ampliar recursos financeiros e humanos para o HCB”, disse.