1D0-610 NS0-153 NS0-154 050-V37-ENVCSE01 50-653 350-001 NS0-330 1Z1-853 A2010-656 FN0-202 E20-670 000-094 A2040-922 006-002 E22-192 920-181 3X0-203 070-467 MB3-207 650-179 000-M12 000-784 ISEBSWTINT_001 HH0-440 000-446 1Z0-231 83-640 M2040-723 ml0-320 A2180-175 9A0-125 000-959 000-717 000-011 650-180 000-636 HP2-B82 156-110 P6040-015 1Z1-060 000-129 1Z1-884 000-330 HH0-050 50-707 JN0-730 00M-246 LOT-710 HP2-E45 HC-623-CHS 1Y0-A09 SC0-411 HP3-C32 HP5-H01D 3M0-600 00M-664 000-118 E22-201 HP0-390 HP2-H19 JN0-321 LOT-920 MB7-842 200-047 50-703 Câncer de Rim - Hospital de Câncer de Barretos
Entrar


Câncer de Rim

Como funciona o rim?

O rim é um órgão duplo localizado na região frontal do abdômen e atrás do peritônio (uma membrana com duas camadas que recobrem partes dos órgãos intestinais com a função de impedir infecções e armazenar gordura e diminuir). Ambos posicionam-se abaixo da coluna, sendo o direito abaixo do fígado e o esquerdo abaixo do baço.   
Há várias funções em que o Rim consegue atuar: filtrar as irregularidades no sangue (como a uréia, e creatina, excretando-as pela água e urina), equilibrar o nível de acidez no sangue, produzir hormônios (que estimulam a pressão arterial e a produção de hemácias no sangue) e regular a quantidade de água presente no organismo.

Como é o câncer de rim?


Como os rins encontram-se numa região pouco aparente do abdômen (chamada de retroperitôneo), seus sintomas demoram a surgir na fase inicial e o desenvolvimento da doença é lento. Grande parte dos tumores renais (de 40% a 60%) são descobertos incidentalmente através de exames solicitados para analisar outros problemas - como dor nas costas e na região abdominal. Apenas 10% dos pacientes apresentam os sintomas comuns ao câncer de rim quando se tem um desenvolvimento tumoral aparente: dor nas costas, sangramento na urina e palpação do tumor no abdômen.
 
Ao realizar o diagnóstico, cerca de 1/3 dos pacientes já apresentam metástases que afetam órgãos à distância como pulmões, ossos, fígado e outros. Em outros números, cerca de 54% dos tumores renais estão ligados ao rim, 20% apresentam um avanço localizado e 25% apresentam metástases da doença.  
 
No caso do câncer renal, o tamanho dos tumores é um fator de risco de gravidade da doença, logo, o quanto antes diagnosticado, maior a chance de cura do paciente. Os tumores com tamanhos menores que 3 ou 4 centímetros de diâmetro têm bom prognóstico, quando comparado com tumores de dimensões maiores.
 
Indivíduos entre 50 e 70 anos de idade são considerados um grupo de risco para o desenvolvimento de um câncer de rim. O tumor renal representa de 2 a 3% de todas as neoplasias malignas no mundo e de acordo com o Instituto Nacional de Câncer, há uma estimativa que a incidência na população brasileira, seja de 7 a 10 casos por 100 mil habitantes/ano.
 
No Hospital de Câncer de Barretos, no ano de 2009, foram registrados 116 casos de câncer de rim, sendo 72 incidências em homens e 44 delas em mulheres.

Saiba mais: 

O que é o câncer de rim?  

Tipos de Tumores Renais

Prevenção, detecção e fatores de risco para o câncer de rim

Sintomas e Diagnóstico do Câncer de Rim

Tratamento de Câncer de Rim