Entrar


Colostomia, Ileostomia e a Bolsa de Colostomia

O que é a colostomia ou ileostomia?

A colostomia ou a ileostomia são derivações intestinais onde se exterioriza o cólon ou o íleo (intestino fino) na parede abdominal, formando um novo trajeto e local para a saída das fezes (que é chamado de estoma). Esse procedimento pode ser realizado de forma definitiva ou de forma provisória, dependendo do tipo de tratamento e da severidade do tumor. Após a colostomia ou ileostomia, o paciente utiliza uma bolsa especial para que suas fezes sejam coletadas.
 
Perguntas & Respostas para a Bolsa de Colostomia
 
Posso retirar a minha bolsa coletora e usar apenas quando quiser evacuar?
Não, pois a vontade de evacuar pode ocorrer a qualquer momento e não haverá meios de segurá-la. Ao contrário do ânus, nesse caso há um músculo que possa impedir a evacuação.

A ingestão de líquidos está suspensa durante o período de utilização?
Não. A ingestão de líquido deve ocorrer sempre com, no mínimo, dois litros por dia.  A ingestão de água e sucos deve ser prioridade.

As pessoas irão notar que estou com a bolsa? Há alguma forma de esconder a bolsa?
As bolsas de colostomia são finas e não ficam visíveis, sendo bem ajustáveis as suas vestimentas normais. Elas não serão notadas se ficarem junto ao seu corpo por baixo da roupa.

Devo me preocupar com o cheiro da bolsa? Isso vai incomodar outras pessoas?
Não, em raras ocasiões a bolsa gera odor ruim. Se isso ocorrer, existem substâncias como o carvão ativado que podem ser utilizadas para neutralizar o odor.

A bolsa deve ser trocada alguma vez? Com qual regularidade?
A bolsa coletora deve ser trocada a cada 4 dias e/ou de acordo com a necessidade. O importante é higienizá-la diariamente.

Durante o período de utilização é possível realizar exercícios físicos?
Recomendamos que os exercícios físicos se iniciem após a autorização do médico responsável, pois a cicatrização dos tecidos após a cirurgia pode variar de paciente para paciente. O importante é evitar esportes que possam traumatizar o estoma ou esportes com esforço físico excessivo.

Existem alimentos que devo deixar de consumir?
Você deverá ser acompanhado por um profissional da nutrição e seguir as recomendações deste.
Abaixo segue uma tabela que mostra os efeitos de alguns alimentos no intestino.

Efeito Alimentos
Prisão de ventre Batata, inhame, maça cozida, banana prata e arroz branco. 
Gases Ovos, feijão e refrigerantes( bebidas gasosas) .
Cheiros fortes nas fezes Cebola, alho cru, ovos cozidos, repolho e frutos do mar.
Alimentos que neutralizam odores fortes Cenoura, chuchu, espinafre e maizena.
Alimentos que amolecem as fezes Verduras, frutas cruas, lentilha, ervilhas e bagaços de laranja.

Existe algum impedimento quanto a minha nova condição?
Não, você pode ter uma vida normal. Mesmo que a sua vida sofra algumas mudanças, é necessário se adaptar a esta nova fase. Você deve previnir-se, por exemplo, se ficar grandes períodos fora de casa, levando o equipamento para troca da bolsa coletora de emergência, uma troca de roupa e outros acessórios que achar necessário.

Como poderei ter vida sexual com a Bolsa de Colostomia?
É importante discutir sobre a relação sexual de uma forma aberta com o seu parceiro (a), para se chegar a conclusões do momento e da forma mais adequada para realizá-la. Caso as conversas sobre o tema não venham a ocorrer normalmente, buscar ajuda de um psicólogo é uma boa alternativa.  
 
O período pós-cirurgico é marcado por uma diminuição natural do desejo sexual, principalmente, se ele estiver realizando a quimioterapia, pois entre os efeitos colaterais, está a diminuição da libido. O parceiro  sempre deve ser compreensivo.
 
Antes das relações sexuais, é sempre recomendável esvaziar a bolsa ou usar uma bolsa de tecido para evitar o atrito da bolsa com a pele de ambos e para evitar que apareça o conteúdo fecal contido na bolsa. Para estes momentos, pode-se também recorrer a espartilhos (para as mulheres) e tensores abdominais (para os homens) para dar segurança aos movimentos e deixar a bolsa menos visível. Usar uma bolsa fechada (não drenável) de menor capacidade pode ser mais confortável.

Como deverá ser a minha alimentação após a cirurgia e durante o tratamento?
Uma alimentação saudável é extremamente importante para o tratamento do câncer colorretal. Ao comer corretamente, você estará evitando que os tecidos do corpo sofram degenerações e ajudará na reconstrução dos tecidos que o tratamento possa ter prejudicado.
Além disso, a boa alimentação aumentará a disposição para enfrentar os possíveis efeitos colaterais do tratamento, colaborando para o bem-estar.  
 
É importante ter um planejamento alimentar no tratamento do câncer colorretal para responder bem as mudanças no corpo e as altas doses de medicamento. É indicado o acompanhamento de um nutricionista.
 
Aqui vão algumas dicas de alimentação:

Evite o consumo de fritura e alimentos que contenham sal.
Mastigue bem os e coma devagar.
Faça refeições pequenas de três em três horas.
Faça um prato com grandes variações possíveis de verduras, legumes e cereais.
A hidratação constante com água, sucos naturais ou água de coco.
Evite alimentos industrializados.

Saiba mais:

Entenda o Intestino Grosso
 
O que é o Câncer Colorretal?
 
Prevenção e Fatores de Risco para Câncer Colorretal
 
Doenças hereditárias ligadas ao Câncer Colorretal
 
Sintomas do Câncer Colorretal
 
Tratamento do Câncer Colorretal
 
Colostomia, Ileostomia e a Bolsa de Colostomia